Sobre o verbo amar

 

 

Tumblr_m7hbeyvnze1rwtmq5o1_500_large

Leva tempo, mas uma hora a gente entende. Entende que o amor pouco ou nada tem a ver com a satisfação primeira, única e exclusivamente nossa. Entende que qualquer relacionamento se torna eterno se sua base tem como estrutura a amizade. Entende e aceita que o amor também é sinônimo de renúncia e compreensão e absorve por fim que não é amor aquilo que não nos permite aceitar as pessoas como elas são.

Leva um tempo mas a gente aprende que amar é mesmo coisa pra fortes. Fortes não porque nunca caem ou se machucam, mas sim porque jamais desistem de tentar.

 
(Camila Lourenço)

A amizade é um amor que nunca morre (Érico Veríssimo)

Ah, os amigos! Amigo tem sua raiz (e força) na palavra amor, não é por acaso que as duas palavras começam da mesma forma. Meus amigos muitas vezes não são muitos, às vezes não tão presentes… Muitos loucos, outros santos, alguns próximos, muitos distantes, mas todos que passaram e passam pela minha vida deixaram algo de especial em mim, suas digitais, marcas de amor, compreensão, elos inquebráveis pelo tempo, guardados como o tesouro mais puro na memória…
Compartilhamos alegrias, tristezas, farras, problemas, força, fé, luz, lágrimas, sorrisos… Estudo, sabedoria, dedicação, o divã nosso de cada dia, as madrugadas, o frio da noite, o calor do dia, as músicas, as frases, as broncas e os afagos, uma ideologia, uma geração, uma época que não volta mais, mas que pode continuar, sempre, em um novo encontro, uma nova fase…
Fizeram-me uma pessoa melhor, mais digna, mais forte, mais iluminada e grata por ter partilhado e ainda partilhar minha vida e minha existência com vocês! São os irmãos, família sagrada, que o mundo me permitiu escolher…
AMO VOCÊS!!! E muita saudade dos que não vejo há tempos!
 
(Juliana Alves)