Pra mim, o amor é semente

 
 
Todos os dias quando acordo, me encho desse sentimento que me nutre, aquece os meus dias e colore minha alma com essencias de flores.
Rego, cuido, para que forme raízes cada vez mais fortes e intensas.
Porque pra mim, amor é semente, e se bem cuidada, germina depressa.
Porque amor, precisa de mimos, de cuidado, afeto, atençao, colo, abraços, beijos apaixonados e olhares cúmplices.
Precisa de cafunés, e suspiros longos e leves.
Ele precisa existir todos os dias, dentro [e fora] de nós.
Precisa ser dito, escrito, gritado, falado, para todo mundo ouvir.
Porque quando ele transborda, nao há quem consiga conter-se na hora de falar dele.O amor, senhores, precisa de mãos dadas…
 
 
(Paulinha Leite)

Do amor que sinto

 

 

Ele tem cheiro de canela, mãos macias como algodão e lábios em forma de coração.
Cabelo sedoso, olhos negros intensos que se fecham quando sorri, uma pele perfumada, e faz o meu sorriso mais bonito florescer todos os dias, sabe?
E meus olhos amendoados se enchem de estrelas cada vez que ele me abraça me fazendo pequena, e suga todos medos e receios me deixando a alma leve e em paz – porque estar com ele é estar em paz – aquela calmaria que se sente em uma manha de primavera, com cheiro a eucalipto e flores colorindo o chão.
Ele é a minha parte mais doce, mais delicada, mais pura.
Minha ( ins)piração.
A minha canção favorita, minha história de amor mais bonita, minha reticência…
Ao lado dele todas as manhãs são azuis, todos os caminhos são floridos, todo dia há por-do-sol, todos os versos tem sentido, e as entrelinhas se tornam desnecessárias.
Porque ele é a estrofe perfeita do meu poema sem fim…

 

(Paulinha Leite)

O bem que ele me faz

 

É pra ele o meu primeiro sorriso do dia! E todos os meus pensamentos e desejos também.
É naquele abraço cheio de afeto, que paraliso o mundo, e esqueço todas as coisas que me chateiam a cabeça.
Porque quando estou ao lado dele, só temos espaço pra nós. O resto fica lá do lado de fora.
E é por ele que escrevo palavras doces. Porque ele me ensinou com maestria, a doçura de um sentimento bom que carrego aqui dentro do peito.
Sentimento forte, que faz o coraçao pulsar mais rápido a cada vez que o vejo sorrir pra mim.
E é com ele que realizo os meus sonhos.
Sonhos que um dia planejamos enquanto andavamos a beira-mar de mãos dadas.
Ele é dono de todas as minhas vontades. E transforma o meu mundo, em um lugar mais bonito pra se viver.
E quando me faltam palavras pra descrever o bem enorme que ele me faz, eu só fecho os olhos, e agradeço!

(Paulinha Leite)