Gente bonita

 
 Tumblr_lksqqpunae1qh3nh7o1_500_large
 
Eu tenho pensado nas pessoas que me somam. Naquelas que perdem seu tempo e energia comigo, insistindo de várias formas, para que o meu riso seja constante e as preocupações, pequenas. Naquelas pessoas que me pegam pela mão e me ajudam a atravessar abismos.
Eu tenho pensado nas pessoas que fazem abrigo no coração, pra eu morar. Naquelas que tecem milhares de sorrisos no meu rosto. Naquelas que constrõem inúmeras certezas em cima do meu medo. Naquelas que falam bonito, depois de uma tempestade emocional desabar sobre o meu quintal. Naquelas que plantam pés de esperança, no vaso de entrada, pra encantar meu olhar.
Àquelas pessoas que não desistem da gente, eu agradeço.
 
 
(Cris Carvalho)
Anúncios

Pra ficar feliz

Pra ficar feliz, eu invento dias ensolarados.
Pra ficar feliz, eu desembaço a luneta e vejo constelações no meio do dia.
Pra ficar feliz, eu pinto o céu de azul e brigo com o cinza, se for possível.
Pra ficar feliz, eu teço pequenas surpresas ao longo do dia, pra desencadear uma fila de sorrisos.
Pra ficar feliz, eu brinco de despetalar rosas só com bem-me-queres.
Pra ficar feliz, eu moro num abraço de amigo.
Pra ficar feliz, eu me transporto para mundos mais floridos.
Pra ficar feliz, eu conjugo o verbo sempreamar.

Porque tempo ruim é só na meteorologia.
Aqui dentro é sempre sol e se chove, é de pura alegria.

 

(Cris Carvalho)

Na minha…

Na minha alegria cabe o riso. O riso daqueles que convivem comigo. De dias grandes cheios de gente dentro. De conversas jogadas fora. De gente fazendo gracinha só pra me encantar.
Na minha amizade cabe um abraço. Daqueles que envolvem o mundo todinho com as mãos. Daqueles que esquentam e traz paz e carinho, aconchego e vontade de ficar morando dentro.
Na minha prece cabe o outro. Aquele que mora do outro lado do mundo e que eu não conheço, mas sei que existe. Que existe e precisa de luz. Que existe e precisa de paz. Pra ele eu mando meus pensamentos mais bonitos, pra ele eu mando o pouco que me cabe, mas que é inteiro coração.
Na minha eternidade cabe nós. Cabe eu e minha família. Eu e meus amigos. Os de perto, os de longe, os do outro lado da tela do computador. Cabe os dias bonitos. Cabe os choros divididos, os risos compartilhados, os abraços jamais esquecidos. Cabe os laços, cabe as luzes, as memórias e suas saudades.
Na minha vontade cabe um jardim. Uma casa toda branca com janelas azuis. Uma roseira no quintal e um girassol na porta de entrada. Cabe um amor limpinho morando dentro dela. Cabe eu e minha história, bordada de afinidades, amor e leveza.
(Cris Carvalho)